• 000Banner_Revista_Blog_1170x300px.jpg
  • 00_Banner-para-blog--Conexão-Sicoob.png
  • 0_Banner_Blog_poupanca_automatica_1170x300px.jpg
  • 1_BannerBlog_Site_CreditoConsignado_Geral_1170x300px.jpg
  • 3_BannerBlog_facaParte_1170x300px.jpg
  • 4_BannerBlog_NovosApps_1170x300px.jpg

Hoje o post é dedicado àqueles que estão pensando em abrir sua primeira conta bancária e estão se perguntando qual tipo de conta escolher: conta-corrente ou conta poupança?

A conta-corrente é usualmente utilizada para movimentação do dinheiro no dia a dia. Esse tipo de conta, além de receber depósitos em dinheiro ou cheque, possibilita a realização de pagamentos, transferências e empréstimos, por meio de linhas de crédito específicas ou crédito pessoal. Você também pode solicitar talões de cheque, cartões de crédito, cheque especial e o recebimento de salário.

Ao abrir sua conta-corrente é preciso conferir, na instituição financeira da sua preferência, quais os serviços que estão inclusos no pacote de tarifas e taxas para manutenção da conta, além disso, não há nenhum rendimento sobre o dinheiro que estiver nesse tipo de conta.

Já a conta poupança é um investimento seguro muito popular e tradicional no Brasil. Ao contrário da conta-corrente, a conta poupança não deve ser usada no dia a dia, pois diminui os ganhos sobre os depósitos feitos. O rendimento é creditado mensalmente: 0,5% sobre o valor médio que você deixou na conta poupança, mais o acréscimo de uma taxa referencial, índice usado como guia em várias operações financeiras. Portanto, quanto mais dinheiro você deixar na poupança, maior será o rendimento.

Por isso, a poupança não disponibiliza cheque, nem cartão de crédito, somente o cartão de débito para movimentação da conta e para compras à vista. Ela serve para guardar dinheiro a longo prazo e ter o saldo sempre em crescimento.

Agora que você já sabe as diferenças básicas entre as duas contas é só escolher o tipo que melhor se adéqua à sua necessidade.

JoomShaper